Os seis Ms do Mobile

Metade da população do mundo tem celular, o que representa 3,3 bilhões de telefones falando por aí. Aqui no Brasil são 160 milhões de linhas, com mais de 10 milhões de acessos via 3G em maio desse ano. Já usamos nosso telefone pra ver TV, acessar a internet, nos localizarmos geograficamente, registrar bons momentos.

Somos loucos por mobile? Sim. A Associação Internacional de Mobile Marketing (que divulga o conceito dos 6 Ms) profetiza que o mobile será a mídia preferida dos consumidores do mundo todo e que será a primeira interface a conectar marcas e pessoas. Somos tão loucos por mobile que o gadget mais desejado do mundo ainda é o iPhone e, mesmo com a crise, os números da telefonia não caíram porque o usuário considera o celular, na escala dos bens de consumo, como um item de primeira necessidade.

Tenho recebido verdadeiros desafios de empresas que querem ajustar o conteúdo que tem digitalizado em seus portais para as versões mobile. As duas premissas que baseiam esses projetos são:

a) navegação simples e redação sucinta

b) entretenimento e conteúdo embarcado

Lembra dos Hábitos de leitura da cibercultura? A questão do modelo de leitura na tela do celular ainda é desconfortável, mas é apenas uma questão de adaptação, assim como nos acostumamos com o computador. Então, não faça o pobre do seu leitor ficar perdido enquanto ele navega: use títulos óbvios e entregue a matéria no primeiro parágrafo. O diálogo que você deve manter com o seu leitor é um diálogo de relevância.

A resistência à leitura vai passar e o telefone pode se tornar a primeira interface de comunicação. Basta adaptar o conteúdo para os 6 Ms do Mobile:

1. Mobilidade
É um atributo do celular, o que o torna móvel como o ser humano. Por isso ele está o tempo todo conosco, como se fosse uma parte de nós, no bolso, nas mãos, na bolsa. Assim, o conteúdo também se torna móvel. Uma boa estratégia é falar com seu leitor geograficamente: localize-o e ofereça informações regionalizadas.

2. Momento
Diz respeito ao tempo. O tempo que foi suprimido com a chegada do celular e que nos trouxe uma cultura de comunicação instantânea. Quando uma pessoa está no transporte público, quando ela tem que esperar por alguma coisa, ou se ela tem cinco minutos livres, sabe o que ela faz? Pega o celular. E liga pra amigos, manda torpedos, joga, olha seus e-mails, olha o clima, entra em seus sites favoritos. Produza um conteúdo que preencha de forma produtiva o momento disponível do seu leitor.

3. Meu
Não há uma mídia que possa representar uma pessoa como o celular. Desde o modelo, até os seus ringtones, seu papel de parede, as cores da interface. Tudo é personalizável. Idem para o conteúdo. Leitores querem um conteúdo do meu jeito. Permita que ele possa interagir com o seu texto, seja aumentando o tamanho da letra, seja enviando para um amigo, seja abrindo uma versão na íntegra de sua matéria.

4. Multi-usuários
Refere-se à comunidade que o mobile está construindo. Games de realidade aumentada, Mobile social media, comunicadores instantâneos etc. A geração Digital Born que cresce conectada por celulares e computadores vai criar a maior rede social de todas e que será certamente móvel. Considere o potencial de pulverização de conteúdo no mobile.

5. Máquina
O que o seu celular pode fazer? Essa pode ser a parte mais excitante, porque explora a performance da máquina que você porta no bolso. Muita gente entende o conteúdo como texto, mas conteúdo também é música, é vídeo, é game, é imagem. Explore essas variáveis.

6. Métricas
O último item pode ser o mais importante para a análise do seu conteúdo. Descubra pelas estatísticas de acesso quais são as matérias mais acessadas no mobile, quanto tempo permaneceram (consumiram todo o texto? todo o vídeo?), consolide esses dados e faça as melhorias que os números apontarem. A análise das métricas pode conduzir a um conhecimento mais verdadeiro sobre o seu leitor.

Aplique os 6 Ms quando for criar ou migrar seu conteúdo pra mobile. Depois compartilhe sua experiência com a gente.

Up the webwriters!

Se você gostou desse post, deixe um comentário ou Assine nosso RSS para receber nossos futuros artigos em seu leitor de feeds.
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Agência Digital Full Service, fundada em 1997. Ideias para Simplificar a sua Empresa.

Comentários no Facebook